Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

FAQ

QUESTÕES MAIS FREQUENTES

1 O que é o Convento de Cristo?

O Convento de Cristo é um complexo monumental que engloba património edificado e ambiental. Está vocacionado para divulgar a história e a cultura do povo Português e dinamizar o espírito de um lugar que mantém as suas características míticas e mágicas.
A nossa missão é ajudar a compreender e a apreciar este Monumento original e único, Património da Humanidade, inscrito na lista de Património da UNESCO em 1983.

2 Qual é o seu horário de visitas?

Todos os dias - horário de Verão: 1 de Junho a 30 de Setembro 9:00h - 18:30h (última entrada 18:00 h). Horário de Inverno: 1 de Outubro a 31 de Maio 9:00h - 17:30 h (última entrada 17:00h). Encerra nos seguintes dias Feriados: 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio e 24 e 25 de Dezembro. De acordo com marcação prévia, pode ser alterado o horário de abertura, nomeadamente para eventos nocturnos.

3 Quais são os taxas de ingresso?

Adulto: 6€; Maiores de 65: 3 €;
Existem descontos, como por exemplo, para jovens, para Famílias e para grupos acima de 100 pessoas.

4 O que devo fazer para marcar visitas orientadas ou guiadas?

Contactar o Serviço de Educação e Animação, preferencialmente por correio electrónico (geral@ccristo.dgpc.pt) ou por telefone 351 249 315 089. As visitas orientadas ou guiadas são previamente marcadas e estão sujeitas a disponibilidade de agenda. As visitas orientadas dispõem de textos de apoio sem guia e as visitas guiadas são conduzidas por um Vigilante-recepcionista do monumento ou por guias de associações culturais nossas parceiras. Podem, ainda, ser contactados os Guias Intérpretes credenciados para operar em Portugal.

5 Existem programas específicos para Crianças e Jovens?

Sim. O Convento de Cristo, através dos seus Serviços Educativos e de Animação, tem disponíveis uma série de visitas para os diversos graus de ensino. Existe ainda o sítio internet de apoio à visita para crianças do 1º e 2º Ciclos: Tomar Terra Templária.

6 O que é que pode ser visto no Convento de Cristo?

Pode ser feito um percurso livre que dá acesso a toda a zona do monumento mais significativa e que tem uma duração média de 1 hora podendo, também, ser feitas visitas temáticas relativas à história dos Templários, da Ordem de Cristo e da obra dos Arquitectos, Artistas e Artífices mais importantes do Convento, que, de acordo com o programa acordado e previamente marcado, podem ter durações variáveis consoante o tempo disponível do visitante e a complexidade da visita solicitada

7 Como é que posso obter informações sobre cedência de espaços para Eventos?

Deverá ser contactada a Direcção do Convento de Cristo, por correio electrónico (geral@ccristo.dgpc.pt) ou por telefone 351 249 315 089.

8 Que condições existem para pessoas com deficiência?

Dada a complexidade arquitectónica do Monumento não é fácil agilizar os acessos às PMC. No entanto existem algumas rampas que possibilitam o trânsito em todo o piso térreo do monumento, após entrada pela fachada norte. Além disso o Convento de Cristo dispõe de um elevador que pode, por solicitação, transportar uma pessoa do piso térreo ao piso superior. Para o público invisual ou amblíope existem, além dos audioguias portáteis e de acesso gratuito, dois postos multimédia preparados para fornecer uma visita virtual com audiograma a alguns dos locais do Monumento. (de momento inoperacionais)

9 Existe um Grupo de Amigos do Convento de Cristo? Como Posso tornar-me membro?

Sim. Contactando postalmente para: Grupo de Amigos do Convento de Cristo, Convento de Cristo, Igreja do Castelo Templário, 2300-000 TOMAR.

10 Como posso eu, ou a minha Empresa, apoiar o Convento de Cristo?

Através da Lei do Mecenato, a DGPC, organismo que tutela o Convento de Cristo, pode ser objecto de apoios mecenáticos. As Entidades, particulares ou empresas, que se constituam como mecenas podem seleccionar o objectivo do seu apoio. A Charola do Convento de Cristo é disso exemplo, com a CIMPOR como Mecenas exclusivo deste lugar mítico. É também possível, pessoas individuais ou empresas, apoiarem actividades que o Monumento dinamiza, institucional ou logisticamente.













 

rss