Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

Personalidades

Figuras históricas com particular importância, pela sua acção directa ou indirecta nos destinos do complexo monumental de Tomar. Breves biografias.

D. Afonso Henriques (c.1109 - 1185)

Filho de D. Henrique de Borgonha e da infanta D. Teresa de Leão, nasce em Coimbra em 1109. Durante a sua infância advém o falecimento prematuro de seu pai e é D. Teresa quem fica regente do condado de Portucale. Já adolescente, Afonso Henriques mostra-se (...)
Clique aqui para ver +

D. Gualdim Pais (1118-1195)

D. Gualdim Pais nasceu em Amares, região de Braga. Escudeiro de D. Afonso Henriques, combateu ao seu lado contra os mouros, vindo a ser ordenado cavaleiro pelo soberano no campo da batalha de Ourique, em 1139. Depois tornou-se cruzado e freire templário, (...)
Clique aqui para ver +

D. Dinis (1261 - 1325)

Sexto rei de Portugal. Filho de D. Afonso III e de D. Beatriz de Castela, nasceu a 9 de Outubro de 1261 e morreu em Santarém a 7 de Janeiro de 1325. Foi coroado em Lisboa no ano de 1279 e teve um dos mais longos reinados, 46 anos. Com carácter inteligente (...)
Clique aqui para ver +

D. João I (1357 - 1433)

Décimo Rei de Portugal, e o primeiro da Dinastia de Avis, cognominado O de Boa Memória, nasceu em Lisboa a 11 de Abril de 1357. Era filho natural do rei D. Pedro I e de Teresa Lourenço, jovem filha do mercador lisboeta Lourenço Martins. O mestrado da Orde (...)
Clique aqui para ver +

D. Lopo Dias de Sousa (1359 – 1417)

D. Lopo Dias de Sousa, sétimo e último Mestre religioso, canónico, da Ordem de Cristo, iniciou o seu mestrado provavelmente em 1373, o qual durou até ao fim da sua vida. (...)
Clique aqui para ver +

D. Duarte (1391 - 1438)

Décimo primeiro rei de Portugal, filho de D. João I e de D. Filipa de Lancastre, nasce em Viseu, a 31 de Outubro de 1391. Reinou durante cinco anos, período curto mas marcante. Dinamizou fortemente a política interna e a expansão marítima nomeadamente atr (...)
Clique aqui para ver +

Príncipe D. Henrique (1394 - 1460)

O Infante D. Henrique, quinto filho d'el-Rei D. João I e de D. Filipa de Lancastre, nasce a 4 de Março de 1394 na cidade do Porto. Aos 14 anos o pai doa-lhe casa com rendas próprias e servidores. Em 1415 é armado cavaleiro na batalha da conquista de Ceuta (...)
Clique aqui para ver +

D. João II (1455 - 1495)

Filho de D. Afonso V, subiu ao trono em 1481. Estava envolvido na política de expansão do Reino, desde 1474, a qual dirigia com grande visão, apesar de não ter ainda vinte anos. (...)
Clique aqui para ver +

D. Manuel I (1469 - 1521)

D. Manuel, duque de Beja e sobrinho neto do Infante D. Henrique, recebeu a dignidade mestral da Ordem de Cristo por volta de 1485, na sequência da morte do seu irmão, D. Diogo, duque de Viseu, Governador e Regedor daquela ordem de cavalaria. (...)
Clique aqui para ver +

Diogo de Arruda (14?? - 1531)

A mais antiga obra, documentada, deste mestre arquitecto português é o Paço Novo do Castelo de Évora Monte. Diogo de Arruda é uma das grandes figuras associadas à edificação do Convento de Cristo, na qual exerceu o cargo de mestre, de 1510 a 1513. (...)
Clique aqui para ver +

João de Castilho (c. 1470 - 1552)

Nascido por volta de 1470, realizou a maioria da sua obra em Portugal, apesar de ser natural da Cantábria, Espanha. No Convento de Cristo, começou por fazer o celebrado Portal sul da igreja Manuelina, 1515, contraponto à famosa “Janela do Capítulo” desen (...)
Clique aqui para ver +

Jorge Afonso (c. 1475 - 1540)

Pintor português foi nomeado pintor régio por D. Manuel I em 1508. Destacam-se, no conjunto da sua obra, as pinturas da charola do Convento de Cristo, em Tomar. A sua oficina teve posição de relevo na pintura do chamado (...)
Clique aqui para ver +

Olivier de Gand

Entalhador flamengo contratado por D. Manuel I, na primeira metade do século XVI, para enriquecer o programa iconográfico da Charola templária com imagens esculpidas em madeira e que encontram sobre mísulas e baldaquinos, nos arcos do tambor central e na (...)
Clique aqui para ver +

D. João III (1502 - 1557)

Nasceu em Lisboa, a 6 de Junho de 1502. Filho de D. Manuel e da infanta D. Maria, filha dos Reis Católicos. Por morte de seu pai, em 1521,ascendeu ao trono com apenas dezanove anos de idade. Casou em 1525 com a infanta D. Catarina de Áustria, irmã de Carl (...)
Clique aqui para ver +

Diogo de Torralva

Trabalhou no Convento de Cristo, entre os anos de 1554 e 1562, tendo projectado, a partir de 1557, o claustro maneirista, Claustro Principal e a fachada Sul do Convento onde entronca o Aqueduto. Atribui-se-lhe igualmente um medalhão com o seu retrato, no (...)
Clique aqui para ver +

Frei António de Lisboa

No Convento de Cristo, a reforma da Ordem, ordenada por D. João III, teve como principal figura, frei António Moniz, mais conhecido por frei António de Lisboa. Esta reforma, ocasionou a maior campanha de obras jamais vista no Convento de Tomar, reconduzi (...)
Clique aqui para ver +

Baltazar de Faria ( ?- 1584)

Baltazar de Faria foi Comendador da Ordem de Cristo, membro do conselho de D. João III, e depois de D. Sebastião, do Rei -Cardeal D. Henrique e de D. Filipe I de Portugal. A mando de D. João III, obteve em Roma a Bula que estabeleceu em Portugal o Santo O (...)
Clique aqui para ver +

Filipe Terzi (1520 - 1597)

Arquitecto e engenheiro militar italiano, referido como natural de Bolonha, estava a trabalhar em Lisboa 1577. Nomeado, em 1584, mestre das obras do Convento de Cristo em Tomar será encarregado pela rainha D. Catarina, viúva de D. João III, da remodelação (...)
Clique aqui para ver +

Dinastia Filipina (1580-1640)

Quando Portugal perde a sua independência, em 1580, o rei espanhol Filipe II, herdeiro do trono português, torna-se mestre da Ordem de Cristo em consequência do direito hereditário de mestrado e governo da ordem que D. João III havia obtido do papado para (...)
Clique aqui para ver +

D. Filipe II de Espanha (1527 - 1598)

Nasceu em Valladolid a 21 de Maio de 1527 e morreu em São Lourenço do Escorial a 13 de Setembro de 1598, tendo sido o décimo oitavo Rei de Portugal. Filho de Carlos V e de D. Isabel de Portugal, era neto de D. Manuel I e candidato natural à sucessão do t (...)
Clique aqui para ver +

D. João IV (1604 - 1656)

Por iniciativa do Duque D. Jaime (1479-1532), a Casa de Bragança foi autorizada pela coroa de Portugal e pelo Papa, a instituir 41 comendas da Ordem de Cristo; parte dessas comendas foram concedidas a cavaleiros, não pelos seus feitos militares mas por se (...)
Clique aqui para ver +

Domingos Serrão ( c. 1570 - 1632)

Pintor maneirista do século XVI, (c. 1570 – 1632), originário de Tomar. Executou, entre 1592 e 1600, duas figuras femininas, alegorias da Fé e da Caridade que se encontram pintadas nas ombreiras antiga entrada da Charola templária, virada a nascente. É-lh (...)
Clique aqui para ver +

D. Maria II (1819 - 1853)

D. Maria II nasceu no Rio de Janeiro, a 4 de Abril de 1819, recebendo o nome de Maria da Glória Joana Carlota Leopoldina da Cruz Francisca Xavier de Paula Isidora Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga. Após a abdicação do trono, em 1826, o pai, D. Pedro IV, de (...)
Clique aqui para ver +

Príncipe D. Fernando (1819 - 1885)

Príncipe alemão nascido em 29 de Outubro de 1819, foi baptizado com o nome de Fernando Augusto Francisco António de Saxe-Coburgo-Gotha. (...)
Clique aqui para ver +

Costa Cabral

António Bernardo da Costa Cabral (Algodres, 9 de Maio de 1803 - Porto, 1 de Setembro de 1889), o 1.º conde e 1.º marquês de Tomar, mais conhecido simplesmente por Costa Cabral, foi um político português que, entre outros cargos e funções, foi deputado, pa (...)
Clique aqui para ver +

Artífices e Artistas

Eis, também, alguns dos artífices que colaboraram em diversas ocasiões, nas obras ou encomendas que o Convento de Cristo teve. De notar, alguns nomes que indiciam a origem estrangeira de alguns artífices. (...)
Clique aqui para ver +

rss