Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

Património Mundial

O Castelo de Tomar e Convento de Cristo, sede das ordens religiosas e militares do Templo e de Cristo foi classificado como património da humanidade e inscrito na lista do património mundial da UNESCO, em 1983.
 
Os critérios que presidiram à sua classificação tiveram em conta, particularmente a Charola dos templários e a invulgar janela ocidental da nave manuelina, cuja construção amplia e prolonga para fora do castelo a própria rotunda, primitivo oratório dos cavaleiros.
 
A Charola, para além de ser um dos melhores entre os raros exemplares existentes de igreja em rotunda, simboliza o mundo medieval europeu, das cruzadas e da defesa da fé. A janela manuelina na originalidade da sua gramática decorativa constitui a primeira síntese das artes europeia e oriental.
 
A arquitectura do lugar evoca um vasto reportório da arte europeia plasmada nos estilos que os séculos trouxeram à sua edificação.O próprio convento de renascentista foi tido em conta na classificação do complexo monástico, por este ser um dos maiores da Europa e pelo facto do seu claustro principal ser uma obra-prima da arquitectura do Renascimento.(segundo o texto de inscrição do bem cultural na lista do património mundial da UNESCO em reunião realizada em Paris a 7 de Dezembro de 1982).
 
Critérios
C i: representativa de uma obra-prima do génio criativo da humanidade.
C vi: directa ou materialmente associado a acontecimentos ou tradições, ideias, crenças ou obras artísticas e literárias com um significado universal.
Justificação: Relatório da 7ª sessão do Comité
 
Link para Site Nacional da UNESCO  www.unesco.pt
Link para Site Internacional da UNESCO  www.unesco.org
Link para o mail nacional da UNESCO  cnu@unesco.pt

rss