Home Governo de Portugal DGPC Home UNESCO
English Version

Simbólica

Os mitos próprios da cavalaria, sobretudo durante a época Templária, são particularmente visíveis nos vestígios que nos chegaram e na história que conhecemos, do Castelo de Tomar e da Charola.

Mais tarde, com a criação da Ordem de Cristo, e as transformações que daí resultaram, o envolvimento dos Cavaleiros de Cristo nas Descobertas marítimas tem o seu paradigma no estilo manuelino que caracteriza vastos espaços do Monumento.

A reforma de D. João III introduz no Convento de Cristo a simbólica do Renascimento, aglutinando temas próprios da mística cristã com mitos herdados da Antiguidade Clássica.

rss